Cozinha Desperdício Zero (parte 3) – Limpeza do bem

Golpe Ninja contra esponjas sintéticas!
Fuck naylon!
É biodegradável, mas é potente!

 

 

 

 

 

 

 

Uma das maiores alegrias de morar sozinha, é quando sua mãe vem te visitar. A geladeira fica cheia como num passe de mágica. Tudo que estava faltando de repente não falta mais. Você tem panos de prato e papel higiênico por duas gerações e várias surpresas como uns produtos que você nem sabia que existiam tipo lustra móveis, lustra panela, lustra vidro… tudo tem que brilhar (rsrs)! Seus amigos vão na sua casa e você sempre solta aquela frase “minha mãe que traz essas coisas”. Até que você vira vegetariano, corta o glúten, evita açúcar branco, mas esquece de avisar a sua mãe. Aí você adere ao Desperdício Zero e também esquece de avisar sobre isso. Até que sua casa está cheia de um monte de coisas que você não quer, não usa ou não come e chegou a hora de encarar a realidade, ou melhor, de encarar sua mãe!

Esse post é dedicado a você Mamis! Love you, mas chegou a hora de entender de uma vez por todas 😉

Segue lista para limpeza de cozinha Desperdício Zero (yeeeeaaahhh)!

A ESPONJA QUE VOCÊ RESPEITA

“Filha, está na hora de trocar essa esponja” – frase clássica quando se mora sozinho. Não pensem vocês que a esponja estava nojenta. Mas é tradição entre as mães ter uma esponja com cores vibrantes (amarelo ou laranja). Mesmo que, super murcha e em tons opacos, ela ainda funcione e limpe super bem. Sua mãe quer o melhor pra você, te alerta para os germes/sujeira/gordura acumulados e, algumas horas depois, aparece um pacote com 3 esponjas novinhas, mesmo que você não tenha pedido pra ela comprar. Só tem um pequeno detalhe (muitos, na verdade) essas coloridas que nossas mães amam são sintéticas. Lembra que já falei por aqui que tudo que vem da natureza consegue voltar pra natureza? Com isso eu quero dizer natural e não sintético! Lá vem o plástico de novo, aquela praga. Pois é, as sintéticas são feitas de plástico e outros elementos. Ela não é reciclável, como explica o site da Ecycle link, Para que algo seja reciclado, precisa separar todos os elementos que constituem o item um do outro. É como se cada um voltasse a ser matéria prima. Mas quando o item tem muita coisa misturada e compactada, fica muito difícil de reverter o processo e não tem jeito – vira lixo. Olha a ironia do destino, mãe! Cada esponja que limpa minha cozinha, suja o meio ambiente. Então, Mamis, se você quiser me dar esponjas de presente, agora tem que ser essa Bucha Vegetal (que é bem da sua época, né?!). Vem de uma planta, pode até plantar em casa ou comprar em feiras livres. Aproveita que na feira vem sem embalagem e dá pra pechinchar. Ela é compostável, pode cortar em pedaços menores pra facilitar o trabalho das minhocas ou micro organismos. Se você jogar na lixeira (não é o ideal, mas ainda a realidade de muitos lugares no Brasil) pelo menos ela some depois de um tempo e não fica no mundo pro resto da vida como a sintética coloridona.

obs: tem as buchas de celulose, mas elas vem em embalagens de plástico e são muito coloridas pra não desconfiar. Prefiro essa da foto, ok mãe?

———————————-

VIVA O BRASIL, PAÍS DA FIBRA!

 

“Filha, está na hora de trocar essa escova”- outro clássico. Acontece que as escovas de pia eram feitas de madeira e pelos de animais (tudo compostável). Aí veio o plástico (lá vem ele outra vez) e com ele o naylon. Depois de um tempo, o naylon esgarça ou fica achatado. É nessa hora que sua mãe resolve te dar uma escova nova. Uma curiosidade sobre essas escovas: são exatamente a mesma coisa que uma escova de dentes. É isso mesmo, sua escova de dente é uma mini versão da sua escova de cozinha e até da privada (é isso que você está colocando na boca!). Já falei no post de banheiro link, sobre isso. São recicláveis, olha aqui link. O problema é que elas soltam cerdas na pia e vão direto para o mar. Os peixes confundem com comida. Além disso, o plástico não é reciclável pra sempre. Tem um tempo limite e depois acaba sendo descartado. Fora que polui muito todo o processo de produção e transporte, até a escova chegar na sua casa e depois ainda viram lixo se não forem recicladas. Enfim, tudo isso pra dizer que temos versões naturais e nacionais. São um pouco rústicas sim, mas seu design não evoluiu, pois as de plástico dominaram o mercado brutalmente. Cabo de madeira de reaproveitamento, cerdas de piaçava (ou piaçaba) e parte de metal reciclado. Se a cerda soltar na pia e for para o mar, ela vai se decompor e pelo menos não é tóxica. A madeira é compostável e a parte de metal totalmente reciclável. MÃE, olha que incrível, essas cerdas não absorvem gordura e nem sujeira!!! Dura muito mais e basta higienizar com álcool ou vinagre. Amor eterno!

———————————-

O QUE É BOM, DURA MUITO!

“Mãe, me dá?” dessa vez fui eu que pedi! Essas duas escovinhas aí têm praticamente a minha idade (ou mais), ou seja, 30 anos. Eu pedi pra ficar com elas há bastante tempo atrás e Mamis topou. Mal sabia eu na época que elas eram desperdício zero. São perfeitas pra limpar copos e garrafinhas. O cabo é de metal e as cerdas são de pelo de animal (provavelmente crina de cavalo). Veganos, vamos dar um desconto sobre essa crina. Faz mmmmmuuuiiitttoooo tempo e eu nem era viva para protestar. Sinceramente, não sei dizer se eu compraria uma aqui no Brasil sem saber a procedência da matéria prima, pois sou contra maus tratos a animais (o que me faz estar em transição para o veganismo). Essas escovas são encontradas em lojas especializadas em faxina, em feiras livres ou na internet. Tem umas na gringa do (sedutor e irresistível) site Life without Plastic link, mas também não são veganas. São de pelo de porco e crina de cavalo. Antes que vocês se apavorem, saibam que pelo/cabelo de porco é utilizado há séculos em vários tipos de escova. A diferença é o tratamento do bicho. Nesse site, eles dizem ser de um local que respeita os animais. Eu – Karin, pessoalmente e é só a minha opinião – não vejo problema nesse caso. Peço desculpas, mas não achei uma versão vegana desse produto.

Também tem o tal rodo de pia. Esse é difícil de substituir, pois é tão incrível de bom! Existem uns de cabo de aço inox. Reduz o plástico, mas a borracha (que poderia ser de látex natural) não tem como substituir. Então, caros leitores, aqui vai uma ideia para alguém empreender: Rodo de pia de aço inox, com fita de borracha de látex natural removível. Desgastou, só trocar. HA! Alguém faz, please! Minha opção para esse item vem mais abaixo. Ou seja: MÃE, não precisa me dar um rodo de pia de presente!

——————————

MULTIUSO CASEIRO E BIODEGRADÁVEL CHEIROSINHO

Quando eu era pequena e ia ao supermercado com a minha mãe, observava enquanto ela sentia o cheiro dos produtos para escolher qual levar. Absorvi esse hábito e ficava horas entre o flores silvestres, lavanda ou brisa do mar. Depois eu analisava o preço e sempre escolhia o mais barato sem nem me preocupar com os ingredientes. Era um pra cada coisa. Um para a cozinha, outro para o banheiro, outro para o vaso etc. Agora segura a peteca desse VENENO PORCARIA POLUIDOR!!! Vou falar do tradicional multiuso/desengordurante. A Exame fez (recebeu dinheiro pra isso) uma reportagem sobre o processo de produção do Veja multiuso link . Sabia que é feito só para Brasil? Isso já me faz pensar que o produto não seria aprovado em outros países. Na reportagem eles falam “Além do Multiuso, a linha Veja possui produtos específicos para cozinha, banheiro e vidros, além dos diluíveis. O que muda nas fórmulas de um para o outro são a concentração de cada um dos materiais e a combinação entre eles.” Isso quer dizer que todas as versões que eles vendem são a MESMA coisa, só em proporções diferentes. Isso quer dizer que você já pode reduzir todos os seus produtos em casa, pois eles estão admitindo que é a mesma coisa. Eu prometo um post completão sobre cada ingrediente. Mas saibam que são vários químicos não biodegradáveis, tóxicos e alguns derivados de petróleo (link e link), desnecessários para o dia a dia. Talvez para limpar uma turbina de avião ou o motor de um carro, mas não para o chão onde você pisa descalço ou para sua pia.

Já ouviram falar que o vinagre resolve tudo? Basicamente você precisa de vinagre, ácido cítrico (em pó ou cascas de frutas cítricas) e um pouco de água. Só deixar casas de limão, laranja ou tangerina imersas em vinagre de álcool branco por pelo menos duas semanas. Depois é só bater no liquidificador e coar, ou coar direto. Pode diluir em água de acordo com sua preferência ou deixar concentrado. O ácido cítrico e os óleos essenciais vão se soltar no vinagre. Vai ficar com cheirinho de chá e o vinagre evapora. Tem ação desengordurante e desinfetante. Pode usar na sua louça, dentro da pia, no seu piso etc. Se sua bancada for de pedra (granito etc) passe um pano úmido com água em seguida, pois o vinagre (ao longo dos anos) tem ação corrosiva em pedras. Natural, biodegradável, baratinho e não demora nem 5 minutos pra colocar tudo no pote e nem 10 pra bater no liqui ou coar. Não tem desculpa!

——————————–

AS MARAVILHAS DO BICARBONATO

O bicarbonato é um elemento encontrado na natureza. Mesmo que seja obtido de forma artificial, ele não agride o meio ambiente link. Com certeza vai ter post dedicado a ele, mas vocês já podem procurar receitas no pinterest e google! Ele serve pra muita coisa e, na hora de limpar, é uma maravilha quase milagrosa. Eu compro a granel (lembra do post cozinha/armazenamento? link) e sai bem barato (1kg R$7,00). Reutilizo pote de sorvete pra comprar e um pote de cúrcuma com furinhos na tampa (tipo saleiro) pra polvilhar o bicarbonato. Ele lustra as panelas, ajuda a limpar e desinfetar a pia e o fogão, tira aquela crosta de arroz queimado no funda da panela, tira limo e tudo mais. Uma ótima combinação com o multiuso. Viu mãe, não preciso de Mr. Músculo e nem de outros produtos, um pra cada coisa!

—————————

SIMPLESMENTE SOMENTE SABÃO DE COCO

No lugar de um detergente cheio de coisa ruim (para suas mãos, sua saúde e para o meio ambiente), você pode escolher um sabão de coco. Tem que ser um com o mínimo possível de ingredientes. Dos que eu pesquisei, o da marca Ruth link e Milão link são os mais naturais. Perto da minha casa (no bairro do largo do machado) tem uma loja que vende a unidade sem embalagem. Se não for o caso de vocês, recomendo que comprem em grande quantidade, de um fornecedor. Sai mais em conta e gera menos lixo. Eu nem derreto, pois pra isso é necessário utilizar mais água (as versões em pasta levam muita água e outros elementos pra chegar nessa consistência). Deixo assim mesmo, molho a bucha vegetal e esfrego na barra. Prontinho, super simples!

——————————

NADA DE DESCARTÁVEIS

Eu fiz um workshop de bordado, só pra deixar as minhas toalhas lindas de morrer! Ainda estou aprimorando minhas técnicas (rsrs). Cortei uma toalha velha grande em vários pedaço, fiz bainha e voilà. Perfex reutilizável! Fato é que eu não uso mais essas toalhas multiuso descartáveis. Elas são de materiais diversos, entre eles poliéster. Poliéster é plástico e não é biodegradável. Mas, de acordo com a empresa Descarpack, o produto deles é link. Mandei e-mail para entender que tecnologia é essa. Espero estar enganada. Realmente espero que seja uma toalha de decomposição milagrosa. Fiquem ligados nas minhas redes sociais sobre a resposta deles. Outros materiais são celulose e fibras diversas. A questão é que esses produtos usam muita matéria prima, água e energia para serem produzidos. Durante o processo, muitos químicos são despejados nos rios e depois esse panos viram lixo. Fora que quase todo mês temos que comprar novamente. Eu me adaptei a bucha vegetal mesmo e a essas toalhas. Para tudo que eu precisaria do chamado “perfex”eu passo uma bucha vegetal ou limpo com esse pano. Juro que não morri até hoje!

————————

Mas Karin, afinal o que é tão terrível nos ingredientes desses produtos? Bom, o post está giga e vocês não vão ler tudo, pois conheço meu eleitorado (frase da minha mãe rsrs). Sério, vai ter artigo exclusivo para cada um desses produtos. Mas o intuito desse post é mostrar como pode ser bem mais simples, sem mistério, sem poluir, sem se intoxicar, sem gastar rios de dinheiro e nem passar horas no supermercado.

E caso vocês ainda estejam achando que eu estou exagerando, segue link do Ministério do Meio Ambiente falando sobre todo o impacto desses produtos, inclusive recomendando o uso de vinagre e do bicarbonato e evitar o uso de toalhas descartáveis  HAHAHAHHAHAHAHHAHAHAHAHHAHAHAHAHHA link.

Sempre bom lembrar: Existem marcas biodegradáveis com propostas maravilhosas. Eu testei o multiuso da Positiv.A link e achei maravilhoso. Conheci uma das diretoras da empresa e foi muito legal (quase comovente) ver como que tem SIM marcas industrializadas e corretas em toda a cadeia de produção. Eles também são certificados pelo selo Eu Reciclo link. Vale muito a pena entrar no site e no instagram deles e fuxicar tudo! Tem até opção de flanelas eco.

❤ Mãe, muito obrigada por toda a educação incrível que você me deu. Mas agora é hora de me deixar fazer as minhas escolhas e eu escolho compartilhar um bando de coisas maneiras com você! Agora você já sabe o que me dar de presente. Pode mandar ver na Bucha 😉

Próximo post finaliza a temporada 1 do blog com a área de serviço! Uepa! vai ter mais produtos e vamos falar de areia de gato também.

Talvez você também goste

10 Comentários

  1. Karin, descobri seu blog hj e adorei!!! nossa ideias mto boas, texto com humor…parabéns pela iniciativa linda

  2. Descobri seu blog hoje e adorei. Comecei a pouco tempo um estilo de vida mais saudável com aproveitamento integral dos alimentos. Uso ecobag pra tudo também e aderi ao uso para limpeza do bicarbonato e do vinagre. Ainda estou engatinhando nesse processo e foi excelente ler alguns de seus artigos, feitos de forma profunda, mas abordados com bastante humor e leveza.
    Parabéns pela iniciativa e vou pesquisar muito aqui. Bjs

    1. OI Karine,
      seja muito bem vinda ao Por Favor Menos Lixo. Obrigada por compartilhar sua opinião e vivência. Quantos mais nós compartilharmos, mais estamos incentivando outras pessoas a repensarem seus hábitos também:)
      Abs

  3. Estive hoje no fórum municipal lixozero e fiquei bastante impactada com a sua apresentação.
    Adorei! Suas dicas são valiosas e pode ter certeza, vou adotar! Obrigada.

    1. OI Deboráh,
      que legal! O fórum foi ótimo para conhecer pessoas engajadas, né?
      Que bom que está curtindo 🙂
      Abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *