O que é lixo e quais são os conceitos que envolvem o assunto?

Cada adepto do Desperdício Zero tem sua definição de lixo. Nesse glossário eu explico a minha visão para o tema e alguns termos/processos.

Para os propósitos desse blog, define-se:

  • Desperdício: tudo que, ao final de sua vida útil, é descartado de forma indevida, culminando em poluição.
  • Lixo: tudo que, ao final de sua vida útil, não tem nenhum descarte apropriado e seu único destino possível seria o lixão/ aterro sanitário. Nota-se que, só porque é lixo, não precisa ser necessariamente descartado.

Conceitos

  • Biodegradável: é um item que se degrada e se decompõe, após ser descartado (ainda sim corretamente).

  • Não-biodegradável: não se decompõe de maneira natural, permanecendo no meio ambiente e poluindo.  Atenção!!! As propagandas de que alguns itens se decompõe após 500 anos são enganosas. A maioria deles tem sua composição diminuída, mas não desaparecem.Elas continuam poluindo por exemplo a nossa água e ar. 

  • Reciclar: é o processo de transformação de algo em um novo item, visando sua reutilização. Esse processo evita que o desperdício chegue até aterros sanitários, lixões ou destinos desconhecidos, causando poluição. No entanto, nem sempre um item pode ser inteiramente reciclado.

  • Upcycling: é o processo de utilizar materiais ou resíduos de um item descartado, ou seja, evita a utilização de materiais desde o início da cadeia de produção (extração por exemplo). Nesse processo, surgem novos materiais ou de maior valor/qualidade.

  • Downcycling: é o processo de transformar materiais em itens de menor qualidade. Dentro do processo de reciclagem, a integridade do seu material é comprometida. Por exemplo um item de plástico que, ao ser reciclado, fica mais frágil e não pode ser transformado no mesmo produto, mas sim em algo de menor qualidade ou é tão comprometido que acaba sendo descartado.

  • Compostagem: é a reciclagem do material orgânico. É um processo natural, onde a matéria orgânica é “compostada” por micro-organismos, resultando em húmus (terra boa e rica em nutrientes etc). 

Novos conceitos

  • Pré-reciclar: reduzir o consumo de itens que têm necessidade de reciclagem após sua vida útil. Por exemplo, ao invês de comprar arroz que vem em embalagens, comprar a granel. Assim, não há embalagem a ser descartada.

Links com mais detalhes e exemplos sobre os processos descritos acima-

sobre o conceito de biodegradável: site GreenMe link

sobre recycling, downcycling e upcycling: site Embalagem Sustentável link e blog Patricia Guarnieri link

sobre compostagem: site eCycle link