Tchanan! Um banheiro que não produz lixo

img_4126
Esfoliação com pó de café???
img_4135
Estou virando NATUREBA!!!!
img_4134
Aff, esteriótipos…

 

 

 

 

 

 

😛 Agora sim vai começar a transformação!

Regras do jogo:

Em um post eu vou mostrar as transformações do cômodo e comentar a razão pelas minhas escolhas de forma resumida. Em outro post vou apresentar uma lista de tudo que há (ou o mais comum de haver) naquele cômodo, explicando os problemas e as alternativas de cada item. Durante todo esse processo, não vou descartar nada e, depois de ter passado por toda minha casa, aí sim vou mostrar o encaminhamento de tudo que troquei aqui. Sim, eu irei pessoalmente levar nos centros de reciclagem e, caso algo tenha que ir para o lixão, também levarei pessoalmente. É um desafio que me proponho para encarar de frente o impacto das minhas ações.

😱 Gente, a Karin está louca! Ela raspou a cabeça, virou vegana e quer ir num lixão! 

rs – não estou louca, nem sou vegana (ainda sou vegetariana) e sim, estou me desafiando a reduzir meu impacto de poluição dentro e fora de mim. Mas eu estou aqui falando do desperdício, do lixo e do enorme problema que isso é, no entanto nada disso parece nos atingir diretamente. Então eu gostaria de visitar (sim) o destino do meu lixo e quem quiser me acompanhar, será muito bem vindo.

 – Jogo dos (mais de) 7 erros –

Banheiro de uma modesta exagerada

img_4112Da esquerda para direita: 1 escova de vaso, 1 porta treco com muitos esmaltes e acetona, 1 porta treco com muitos remédios, 1 necessaire formato banana, 1 necessaire com várias outras menores dentro (sabe como é né rs), papel higiênico, 1 porta trecos com 3 potes de creme vazios (sempre achei que fosse precisar) + produtos pra cabelo + absorvente interno + 1 creme para as pernas (que minha mãe me deu) + 2 porta escova de dente (resquícios do meu ex) + 1 pote de sabão líquido vazio (nunca se sabe…) + 1 soro fisiológico + porta xampu de viagem + mini álcool gel (outra vez minha mãe) + 1 caladril (deixado por uma amiga gringa que se queimou feio na praia) + 3 pentes + 1 pente de pintar cabelo + tinta pra cabelo, 6 perfumes (só comprei um deles), 2 secadores de cabelo (um mini pra viagem), 1 pote de hidratante muito ruim da Granado, rolo de esparadrapo vazio, 1 porta cotonetes vazio, 3 óleos essencias, fio dental, escova de dente, pasta de dente, escova de limpeza geral, enxágüe bucal, porta sabonete, 3 cremes, gilete, demaquilante, esfoliante, coletor menstrual, rodo de pia (já explico!), leite de magnésio, creme facial, 2 esponjas corporais. Fora as toalhas de banho e rosto e o tapetinho. E olha que eu conheço gente que tem MUITO MAIS!

Banheiro desperdício zero

img_4115

Da esquerda para direita: 1 escova de vaso, 1 escova de limpeza geral, 5 mini toalhas, 1 pente, 1 lixa de unha, 2 garrafinhas, enxágüe bucal, fio dental, 1 filtro solar (esqueci na foto anterior), 1 secador de cabelo, leite de magnésio, 3 óleos essenciais, 1 porta sabonete, pasta de dente, demaquilante, esfoliante, 1 creme corporal e 1 facial, 1 perfume, 1 pinça, 1 coletor menstrual, 1 barbeador e láminas, 1 escova de dente, 1 cortador de unhas, mais toalhinhas e 2 discos de crochê.

😱 Gente, a Karin está louca! Ela raspou a cabeça, quer ir num lixão e não usa mais papel higiênico!

Bom, deu pra ver que eu reduzi bastante coisa. Na verdade eu reduzi tudo ao essencial, porque eu não preciso de um monte de creme, não preciso de um monte de perfumes, não preciso de dois secadores de cabelo e nem de um monte de bolsa necessaire (é impressionante como é bom dizer – não preciso. Sempre que eu entrava nas lojas americanas surgia uma voz na minha cabeça dizendo – eu preciso de um…). Eu já me incomodava com o excesso de coisa no banheiro, mas depois de ler muito sobre o Zero Waste e entender a quantidade de química e lixo, tanto no meu corpo quanto no momento do descarte, resolvi procurar as alternativas.

Vamos às mudanças: muitos itens que eu usava já eram naturais, outros eu nem usava, como cotonete (sim, meu ouvido é limpinho). De todo modo, tudo que há no meu banheiro agora é ou biodegradável ou reciclável. A única excessão é o secador de cabelo que tem motor e outras peças que talvez não sejam recicláveis e é por isso que, se quebrar, levarei para o conserto.

O que ficou?

  • pasta de dente natural a base de óleo de coco e cúrcuma
  • enxágüe de boca natural a base de bicarbonato de sódio e óleos essenciais
  • esfoliante natural de pó de café para corpo e rosto
  • demaquilante (óleo de coco puro)
  • xampu natural em barra
  • sabão de castella
  • óleos essenciais de hortelã e tea tree para o enxágüe bucal e rícino para limpeza de pele
  • leite de magnésio (é meu desodorante)
  • secador de cabelo
  • lixa e cortador de unha
  • pinça
  • coletor menstrual
  • pente (somente 1!!!!!)
  • perfume (o único que eu realmente comprei)
  • filtro solar

Itens novos ou substituídos

  • manteigas hidratantes naturais para corpo e para rosto
  • saboneteira de cerâmica
  • barbeador
  • fio dental de linha de algodão
  • discos de algodão em crochê para tirar maquiagem
  • escova de vaso e limpeza geral de piaçava
  • toalhinhas (1 no lugar do rodo, 1 de limpeza geral, 1 no lugar das esponjas de banho e algumas no lugar do papel higiênico)
  • 2 garrafinhas de água, uma com água e outra com água e sabão (no lugar do papel higiênico, enquanto não instalo o chuveirinho de vaso)
  • escova de dente de bambu

 

img_4125
Esfoliante, pasta de dente e demaquilante naturais

Definitivamente, meus itens favoritos são os naturais. Faz algum tempo que eu venho testando alternativas para o desodorante, pois os artificiais contém MUITA química, fora que aerosol é muito poluidor. O que melhor se encaixou foi o leite de magnésio. Minha pele é muito sensível para as versões com bicarbonato de sódio e o talco anti-séptico ressecou demais a minha pele apesar de terem funcionado em relação ao cheiro de suor. Antes eu utilizava uma pasta de dente orgânica muito boa. Existem algumas no mercado. Mas eu optei por utilizar produtos naturais feitos de preferência por mim, pois assim eu evito as embalagens. Hoje eu uso uma pasta de oleo de coco com cúrcuma e completo com enxágüe bucal também natural a base de óleos essenciais e bicarbonato de sódio. Sobre o demaquilante, bom quanto mais artificial a maquiagem, de mais química você precisará pra tirar aquilo do rosto. Eu adoro maquiagem (ela está na penteadeira do meu quarto, que será o próximo cômodo abordado), mas não sou adepta de reboco quase massa corrida no rosto. Quem já utilizou demaquilante sabe que eles são oleosos. Isso é porque você só precisa do óleo, não precisa dos derivados de petróleo tóxicos, nem mesmo do perfume, nem mesmo da cor e muito menos do álcool que eles contém. Meu esfoliante de pele é o pó do café que eu tomo de manhã. Além de ser um excelente esfoliante, ele contém vitaminas e cafeína que ajuda na prevenção da celulite. Se você reparar, vários produtos para celulite contém cafeína. Também troquei meus cremes hidratantes por manteigas corporais naturais que eu mesma fiz (é o cumulo do fácil e sai muito mais barato).

Produção de manteiga corporal natural (yam ;P)
Produção de manteiga corporal natural (yam ;P)

Os cremes todos são a base de manteigas como de cacao e karite, mas é uma quantidade minima ridícula. Assim como os xampus e sabonetes, os cremes são cheios de perfume artificial e parabenos péssimos para a saúde. Então eu lembrei da propaganda da Dove “contém 1/4 de creme hidratante” e pensei super indignada: ONDE ESTÃO MEUS OUTROS 3/4 DE HIDRATANTE???? Então resolvi aderir ao 100% hidratação e não só 1/4. Por isso eu uso o sabão de castella para o corpo que é 100% de zeite de oliva, o xampu natural em barra de oleos essenciais e as manteigas corporais (as duas são de manteiga de karite e cacau, oleo de coco e óleo essencial de amêndoa doce – para o rosto e de grapefruit – para o corpo). As escovas de piaçava são de matérias também naturais (madeira e fibra de piaçava), portanto são compostáveis e não viram lixo como as de plástico. Você deve ter reparado que eu não uso nem algodão e nem cotonete. Primeiro que o algodão nã0-orgânico é uma das plantações que mais recebe agrotóxicos do mundo. Não só contamina muita água durante seu processo, quanto grande parte dessas toxinas fica no produto e acaba indo para a pele. Eu não uso cotonete, pois não é algo necessário. Várias vezes meus otorrinos falaram para não usar, até que eu parei (por isso sobrou a caixa vazia na foto). Os tufos de algodão eu não usava nem para maquiagem e nem para tirar esmalte. Para maquiagem eu pré lavava o rosto com meu sabonete natural que já contém óleo e já limpa a maior parte. Depois eu massageava o rosto com óleo de coco e tirava o excesso com papel higiênico. Ok, cheguei ao momento mais esperado. Papel higiênico é o mesmo caso do algodão, leva muita química para ficar branco e polui muito. Até dá pra compostar, mas somente quem mora em casa com terreno e tem uma boa estrutura. O ideal é jogar no vaso, pois o sistema de esgoto faz o tratamento, mas nem todos os lugares têm tratamento de esgoto (ou desconfiamos dos que têm). Mas eu resolvi realmente abandonar esse item, pois meus ginecologistas (assim como meus otorrinos sobre o cotonete) sempre disseram que era melhor usar o chuveirinho. Ainda não consegui instalar o chuveiro, então eu tenho 2 garrafas (dos sucos Green People que são livres de BPA) com furos na tampa. Uma com água e outra com água e sabão diluído. As toalhas são para secar (dãr!) No caso da mulher (cheia de cavidades, órgão interno, lábios etc) sempre fica um pedacinho de papel e isso resulta em bactérias e até alergias e irritações na área. No caso do homem… bom duvido que metade que leia esse blog utilize o papel após fazer xixi. Já para o numero 2 ou o famoso cocô, nem preciso dizer que a água vai limpar com muito mais eficiência que o papel. Na boa, é muito melhor! Você se sente muito mais limpo e até refrescado. É claro que isso se restringe a nossa residência e alguns lugares específicos. Falarei mais sobre isso e sobre os outros itens no próximo post. Quem tiver dúvidas, perguntas ou quiser informações, pode comentar, mandar e-mail ou inbox pela pág. do face.

Porque eu considero o meu banheiro como desperdício zero?

Ao optar por produtos naturais, também estou escolhendo produtos que poluem menos ao serem produzidos. Os caseiros são lixo zero, pois compro os ingredientes a granel ou de embalagens 100% recicláveis. Os produtos naturais comprados, sempre peço que não me enviem em nada de plástico ou isopor, somente papel ou compro pessoalmente e levo na minha bolsa. Troquei itens descartáveis como gilete por barbeador de inox, e minha escova de dente por uma compostável de bambu. Como não jogo mais nada fora, nem tenho mais lixeira no meu banheiro. O ideal seria poder comprar tudo com refil ou a granel, mas essa ideia está ainda engatinhando no Brasil e certos produtos são impossíveis de comprar fora do plástico (ou eu não encaro fazer na versão caseira) como o filtro solar. A boa notícia é que esses itens são recicláveis, portanto suas embalagens não precisam ser desperdiçadas no lixão (yeeeeeeeeah).

😓 Mas Karin, ainda não entendi muito bem, o que são parabenos e BPA? Por que você trocou sua escova de dente e se eu for na sua casa, não haverá papel higiênico pra mim???

No próximo post farei uma lista completa no melhor estilo enciclopédia sobre todos os itens. Quais são seus perigos para a saúde e meio ambiente, como descartar corretamente, quais alternativas temos no Brasil e como a galera da gringa se vira super bem no quesito opções ecologicamente corretas (bora abrasileirar essas opções e ter as nossas alternativas sustentáveis nacionais!!!!!)?

Talvez você também goste

9 Comentários

  1. Karin, qual a proporção dos ingredientes que você usa para fazer a pasta de dente natural? Ensina a gente a fazer, que tal um vídeo?? Ela deixa o hálito agradável? E será que a cúrcuma não vai deixar meu dente amarelo? 😀
    Obrigada 😉

    1. OI Samanda, a cúrcuma natural não deixa o dente amarelo. Pelo contrário, ela ajuda a clarear de forma natural. Vc pode usar pura tbm. Eu vou postar videos tutoriais muito em breve, mas a proporção que eu uso é de 3 colheres de sopa de óleo de coco para 1 colher de chá de cúrcuma orgânica. Vc pode fazer com mais ou com menos. Logo depois eu uso o enxágüe que leva óleo essencial de hortelã, então eu fico com o hálito fresco (tipo pasta de dente industrializada) 😉

  2. Oi Karin, não entendi muito bem as proporções da manteiga corporal.Conheci seu blog através da postagem da junta local e ja estou amando.Obrigada.

    1. 100g de manteiga de Karite, 100g de manteiga de cacau, 100g de óleo de coco e 15 ml de óleo essencial de grapefruit. Mas essa receita não agüenta calor de 40 graus do Rio. A manteiga de cacau e o óleo derretem no verão. Pode deixar na geladeira ou procurar manteigas que agüentam mais o calor (como a manteiga de manga).

  3. Oi Karin! que tipo de linha de algodão vc usa como fio dental? Linha de costura normal? Não machuca a gengiva?

    1. OI Gisele, sim. 100% algodão normal. Tem que manipular com cuidado, claro. Por ser mais fina. Nunca me machuquei não. Ela arrebenta às vezes, nos dentes mais juntinhos. Mas vc vai achar a melhor forma de fazer pra vc 🙂

    1. Oi Gabi, eu faço assim. Penduro a toalhinha, deixo pegando ar e secando. Eu reutilizo a mesma por uns 3 dias. Mas depende do uso e frequencia. Aí eu tenho uma cesta de roupa suja no banheiro. Ou eu lavo à mão rapidamente, ou eu acumulo na cesta e lavo à mão depois. Primeiro deixo de molho por 15 min na água com vinagre branco de álcool. Depois uso sabão de coco normalmente 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *